EmTUQUINHA

SER MÃE A TEMPO INTEIRO – update

Às vezes temos que fazer um update a certos artigos e demonstrar a realidade por trás dele. Quando escrevi Sou mãe a tempo inteiro sinto que dei uma ideia que é tudo bonito, um mar de rosas. Na verdade ainda só tinham passado cinco meses desde o nascimento do tuquinha e eu ainda não sabia o que fazer da minha vida.

Um filho não é uma prisão nem muito menos um sufoco mas às vezes só precisamos de espaço. A verdade é essa! Tempo para nós, para pensar e por as ideias no lugar. Ao fim de um ano a opinião que tenho é completamente diferente de quando ele tinha cinco meses.

Só precisamos de espaço

  • O dia deveria ter 48 horas – Existe tanta coisa para fazer como por exemplo arrumar, limpar, organizar, planear, escrever mas enquanto se faz isso existe sempre um filho para tomar conta. Conjugar as coisas não é tarefa fácil, muito pelo contrário. Há sempre “técnicas” para fazer as coisas ao tempo e poupar uns minutos.
  • A sesta é o momento mais importante – A sesta é o momento mais precioso para ambos, enquanto ele descansa eu consigo organizar-me mentalmente e fazer as coisas mais importantes sem possíveis interrupções. Nesta altura tento despachar o máximo que conseguir para quando acordar tomar apenas conta dele.
  • O sonho de dormir durante duas semanas – O cansaço vai acumulando até que chega a uma altura e temos que ceder. Neste momento sou mais sono de que pessoa, o que para mim não é nada bom porque gosto ser proativa. Às vezes lá calha dormir a sesta com ele enquanto existe tanto para fazer.
  • Mãe e empregada são coisas diferentes – Por vezes as pessoas pensam que uma mãe tem que obrigatoriamente fazer tudo, mas a verdade não é essa. Se fosse para estar tudo perfeito tinha contratado uma empregada. Acho que falta consciência às pessoas e perceber que uma mãe não é empregada.
  • Saudades de tomar banho relaxada –  Não me lembro quando é que foi a ultima vez que passei “horas” no banho sem preocupações, mas tenho saudades desses momentos. Foi uma das coisas que avisaram-me antes do pequeno nascer.
  • Também contribuímos financeiramente – Apesar de não estar a trabalhar, estou a fazer com que se poupe dinheiro porque não é necessário pagar creches e logo nesse aspecto também estou a contribuir.

Não faz mal ficar em casa com os filhos, mas não é tão fácil como aparenta ser. O importante é não esquecer do nosso espaço, “livrar” dos filhos durante umas horas para não ficar saturado. A mensagem que tento passar no Dezassete é que nós também somos importantes, cuidar de nós é necessário.

Cuidar de nós é necessário

 

You may also like

25 Comentários

  • Sara Canhoto

    Amo o teu blog de coração precisamente por ser tão real, tão genuíno e sem mimimis! És mãe, és uma guerreira e admiro-te muito por isso! Nem sempre é fácil, mas tu consegues dar a volta, tudo para o tuquinha ser feliz e ter o melhor possível 🙂

    Acho fantástico o que fazes ♡ E se tiveres que dormir a sesta? Dormes. Se não estivermos bem, os outros à nossa volta também não irão estar.

    Um grande beijinho*

    9 Abril, 2018 at 11:05 Reply
    • Daniela Santos
      Daniela Santos

      Mil obrigadas minha querida pela tuas palavras. Dizes sempre as coisas mais acertadas <3 Subiste sem dúvida a minha felicidade 😀

      Beijinhos <3

      11 Abril, 2018 at 16:23 Reply
  • Andreia

    Cuidar de nós é muito muito necessário, temos de ” ser ” para ter para dar… senão nem nós nem eles aproveitam o melhor que existe!
    O Pai… o pai não têm de ajudar, têm de ser pai, é um dever… lá em casa digo o mesmo!!!
    Ps: Dorme a sesta sempre com ele, lá em casa, ao fds, a hora da sesta é para os 3 ;-), não quero nem saber!!!
    Foste muito corajosa nessa opção, acho lindo!!!

    Beijinhos
    https://titicadeia.blogspot.pt/

    9 Abril, 2018 at 11:24 Reply
    • Daniela Santos
      Daniela Santos

      É isso mesmo! E quando perguntam “então o pai ajuda?” o pai não tem de ajudar, tem que fazer as suas funções. Volta e meia também lá calha nós os três dormimos :b
      às vezes não sei se fui corajosa ou apenas tive medo, mas é uma coisa que ainda ando a descobrir 😀

      Beijinhos

      11 Abril, 2018 at 16:25 Reply
  • Anabela

    Eu vejo em ti uma inspiração! Podes não acreditar, mas é verdade…
    Porque eu também, um dia (e que seja para breve – antes que acabe a data de validade) quero ser mãe e ter tempo para gerir tudo (porque trabalho) … Acho que fazes bem em “poupar” as creches, infelizmente é uma despesa muito grande, se eu pudesse também poupava nesse aspecto.. O facto de ser mãe, não deixamos de ser mulher e de nos sentir bonitas. Há que ter tempo para nós sim, e acho que fazes muito bem o fazeres!!!
    Um beijinho grande

    9 Abril, 2018 at 12:12 Reply
    • Daniela Santos
      Daniela Santos

      Oh minha querida, muito obrigada pelas tuas palavras! Fiquei mesmo feliz por ler isso, mil obrigadas <3 Tu também serás uma boa mãe e gostaria tanto de acompanhar essa bela fase 😀
      Podemos ser mãe, mas tem que existir sempre tempo para nós 🙂

      Beijinhos

      11 Abril, 2018 at 16:26 Reply
  • Marta Carvalho

    Cuidar de nós é extremamente importante!
    És mesmo uma guerreira, pois acredito que nem sempre seja fácil… tu consegues sempre dar a volta! 😛
    Admiro-te muito por isso! 😀
    beijinhos

    amarcadamarta.blogspot.pt

    9 Abril, 2018 at 12:13 Reply
    • Daniela Santos
      Daniela Santos

      Muito obrigada querida! É verdade, nem sempre é fácil mas conseguimos sempre dar a volta por cima 😀

      Beijinhos

      11 Abril, 2018 at 16:33 Reply
  • Ana Ribeiro

    Ser mãe obriga-nos a uma enorme ginástica e este teu texto mostra isso mesmo.
    Gostei imenso! Beijinhos! =)

    9 Abril, 2018 at 12:41 Reply
    • Daniela Santos
      Daniela Santos

      Nem mais, é exactamente o que disseste 😀

      Beijinhos

      11 Abril, 2018 at 16:40 Reply
  • Andreia Morais

    Exige certos cuidados que nem todas as pessoas conseguem compreender, porque acham que a vida fica facilitada por as pessoas estarem em casa. Mas a verdade é que há sempre tanto por fazer, que é perfeitamente normal que as mães também precisem de uma pausa.
    Gostei imenso deste update, até porque também demonstra o quanto a nossa perspetiva está em constante mutação 🙂

    r: A Carolina escreve mesmo muito bem. Quando recebi o texto fiquei sem palavras!
    Em nome das duas, muito obrigada 🙂

    9 Abril, 2018 at 21:23 Reply
    • Daniela Santos
      Daniela Santos

      Não poderia dizer melhor. É isso mesmo que disseste! Há sempre tanta, mas tanta coisa para se fazer é “horrível” 🙂

      Beijinhos <3

      11 Abril, 2018 at 16:42 Reply
  • Karina Muniz

    Excelente post!
    bjs
    http://www.pinkbelezura.com/

    10 Abril, 2018 at 0:43 Reply
    • Daniela Santos
      Daniela Santos

      Obrigada

      Beijinhos

      11 Abril, 2018 at 16:42 Reply
  • Carolina Franco

    Sempre quis ser mãe, e até pensei em ficar em casa até ao primeiro ano, mas não sei se será de todo possível. Sim, até pode ser menos dispendioso colocá-lo na creche, mas depende muito do quanto ganhas. Para quem ganha mais do que 1000€, dar 500€ não custa quase nada (quando se precisa mesmo tem de ser). Acima de tudo, estou a fazer com que consiga trabalhar em casa em breve. Quanto aos filhos? Acho que quer é tempo. Muitas vezes, a vida troca-nos às voltas. Beijinhos

    10 Abril, 2018 at 8:26 Reply
    • Daniela Santos
      Daniela Santos

      Dar 500€ custa sempre, mesmo que seja 1000€ ou 2000€, mas é como dizes quando se precisa tem de ser. Que bom.

      Beijinhos

      11 Abril, 2018 at 16:51 Reply
  • Chic' Ana

    Não é uma tarefa fácil.. Eu dava tudo para poder ficar em casa com a minha, apesar do cansaço, dos períodos menos bons.. Mas preferia!
    Um beijinho

    10 Abril, 2018 at 11:19 Reply
    • Daniela Santos
      Daniela Santos

      Claro que sim, é sempre preferível ficar em casa com os nossos pequenas. Mas não deixa de ser mais ou menos bom que deixar numa cresce. São coisas diferentes 🙂

      Beijinhos

      11 Abril, 2018 at 16:57 Reply
  • Marisa Cavaleiro

    Olá!
    Eu não sou mãe, mas penso que o mal de muitas mulheres é anularem-se com o nascimento dos filhos e muitas vezes os casamentos ou relações acabam devido a isso. As mulheres deixam de se arranjar e os maridos começam a põr o olho noutras. Por isso cuida-te eheheheh
    Beijinhos

    marisasclosetblog.com

    10 Abril, 2018 at 17:25 Reply
    • Daniela Santos
      Daniela Santos

      Eu sempre fui apologista que uma mulher tem que ter tempo para ela. É certo que existem dias em que não apetece utilizar maquilhagem, ou fazer a depilação mas é como tudo na vida! Agora não é por causa disso que os maridos começam a olhar noutras, é porque eles são fracos xD
      Eu cuido-me sempre, principalmente porque mereço xD

      Beijinhos

      11 Abril, 2018 at 17:01 Reply
  • Simone Benvindo

    Gostei muito de saber sobre sua experiência, quero muito ter um filho, meu marido e eu estamos juntos a 3 anos. Porém me vem a cabeça muitas coisas, e saber da experiência de outras mães me ajuda bastante,
    Charme-se

    10 Abril, 2018 at 19:49 Reply
  • Manuela Vaz

    A minha mãe, como teve os meus irmãos com dois anos de diferença, optou por ficar em casa também, se um miúdo na creche já é caro, dois então é um absurdo. Por isso, apesar de não ser mãe, acabo por rever algumas coisas da minha infância/adolescência no que disseste.

    beijinho querida!

    10 Abril, 2018 at 22:53 Reply
  • Daniela Santos
    Daniela Santos

    Espero que tenha realmente ajudado e que corra tudo bem com vocês 😀

    Beijinhos

    11 Abril, 2018 at 17:02 Reply
  • Ana Beatriz Pereira Martins

    Adorei ler o texto e inteirar-me da tua experiência. Quanto à foto é super amorosa!!

    Novo post: http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2018/04/hazel.html

    Beijinhos ♥

    11 Abril, 2018 at 17:37 Reply
  • Matilde

    Excelente post 🙂 Por aqui pensa-se e faz-se o mesmo 🙂
    Bjinhosss

    17 Abril, 2018 at 10:44 Reply
  • Deixa um comentário

    %d bloggers like this: