FACEBOOK
TWITTER
GOOGLE+
PINTEREST
INSTAGRAM
WordPress Blog

 

Já era para fazer este post desde do inicio do blog, mas nunca surgiu a oportunidade, melhor será dizer nunca apeteceu, até agora. Estou a morar com o Bú à mais de um ano e já tivemos em duas casa e cada uma tem a sua característica.

 

Já tinha dito noutro post que esta casa era o triplo da nossa antiga e o preço é exactamente o mesmo, acontece que em Torres-Novas estava a morar mesmo no meio da cidade e aqui estou no meio do mato. Não é mau, muito pelo contrário é excelente porque nunca há confusões e consigo estar tranquila.

Estávamos habituados a um T1, mas em contrapartida o pátio era gigante! Quase do tamanho da casa, ou seja, os felpudos tinham imenso espaço! Aqui estamos num T3, no qual apenas tem uma varanda, acaba por ser grandinha, mas não o suficiente para eles.

Já passámos por muitas coisas e cada uma vale a pena a recordação, porque não é todos os dias que acontece algo d’outro mundo. Por isso vou deixar umas coisas que notei a diferença e que fiz.

  1. Não deixar acumular loiça – Nós acumulávamos loiça de um dia inteiro, isso está totalmente errado! Sempre que acabarem de utilizar lavem, é bem mais fácil.
  2. Fazer comida apenas para as pessoas necessárias – Não sejam como eu, que volta e meia faço sempre comida para um batalhão.
  3. Explorar a cozinha – A vida não é apenas massa e arroz, existem tantas receitas e tão rápidas
  4. Ter um aspirador – Nos primeiros meses da antiga casa (a T1) não tinha aspirador, pensava que como a casa era pequena não seria necessário. Enganei-me e bem! Faz tanta falta um aspirador.
  5. Ter atenção ao barulho – Se moram no r/chão ou numa vivenda estão minimamente salvos, agora se têm vizinhos por baixo é necessário ter atenção ao barulho.
  6. A cadeira da roupa tem que deixar de existir – Ainda estamos a tentar por esta prática em uso, não é fácil, mas acreditem que é muito mais difícil arrumar tudo no final.
  7. Ter contas para pagar é mais difícil do que parece – Verdade, tens que fazer conta à vidinha
  8. As únicas cartas em teu nome que irás receber são contas – Quando somos pequenos pensamos que assim que tivermos a nossa casa passamos a receber cartas, o que é verdade, o problema é que são apenas contas.
  9. Tornas-te num chef – Nunca fui fã de arroz e não sabia cozinhar uma coisa tão simples (só há um ano é que descobri), mas sei fazer pratos bastante elaborados.
  10. Não deitar cera no lavatório – Sinceramente esta nem sei o que me deu na cabeça! Achei que fazia bem deitar a cera da tarte no lavatório da cozinha (eu consigo fazer com cada uma xD).
  11. Roupa na máquina – Cá em casa não existe brancos, coloridos, escuros e pretos. Cá em casa só existe claros e escuros! Tem sido tão fácil assim.
  12. Continua aborrecido fazer as lidas domesticas – Sim, não há nenhuma diferença entre a casa dos pais ou a nossa casa.
  13. Passar a ferro – Chamem-me preguiçosa, mas eu não passo a ferro (a não ser a roupa do pequeno) e não andamos amarrotados, uma coisa muito simples é estender a roupa direita! De nada 😉
  14. Não existe uma lista das compras – Quando vamos ao supermercado é o que vem à cabeça, são raras as vezes que fazemos uma lista.
  15. Deitar tarde – Deitar tarde o que é isso?
  16. A casa do pinterest – Aquelas casas maravilhosas que vemos no pinterest não existe (a não ser que nades em dinheiro).
  17. Trocas de roupa – Começas a vestir a roupa do teu namorado.

Estas foram as 17 coisas que notei uma grande diferença desde que comecei a morar sozinha. Há imensas histórias para contar e cada uma mais caricata do que a outra.

Com quais é que vocês se identificam?

 

 

By Daniela Santos
Daniela Santos
Post by Daniela Santos
O meu nome é Daniela Santos e sejam bem vindos ao blog Dezassete.
This post has 23 comments

Leave your comment here:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: